Médico home care: o que é e como funciona esse serviço?

O home care tem sido uma modalidade de atendimento médico que apresenta crescimento desde 2014, quando alcançou a marca de mais de 1 milhão de brasileiros assistidos dessa forma, de acordo com um levantamento feito pelo Núcleo Nacional das Empresas de Serviço de Atenção Domiciliar (NEAD).

Devido a um aumento significativo da qualidade de vida, as pessoas estão vivendo mais. Com isso, o número de idosos também cresceu, juntamente com o número de pessoas que apresentam doenças crônicas. Elas demandam um auxílio médico maior, com consultas e exames periódicos.

Hoje, você vai saber mais sobre o home care, o que esse termo realmente significa e quais são as vantagens e desafios que esse serviço pode oferecer aos profissionais e pacientes. Acompanhe!

O que é home care?

Traduzindo de forma adaptada para o português, home care significa o ato de prestar serviços de saúde na casa do paciente. Na maioria dos casos, esse tipo de atendimento é indicado por um médico, que opta por dar mais conforto ao paciente durante seu tratamento.

O serviço é prestado por uma equipe multidisciplinar, que pode variar de acordo com as necessidades da pessoa. Sendo assim, são incluídas consultas, exames, aplicação de medicamentos e em casos mais graves, internação domiciliar.

Na internação, é montada uma estrutura com equipamentos de suporte de vida e monitoramento remoto na casa do paciente, pois eles necessitam de cuidados contínuos.

A modalidade de atendimento mais utilizada no home care é a ambulatorial, indicada para pacientes com doenças crônicas ou que possuem alguma dificuldade para se locomover.

Para que o paciente tenha acesso a todos os cuidados que precisa, é comum que eles recebam visitas de outros profissionais da saúde, como nutricionistas, enfermeiros, médicos e fisioterapeutas.

Como o home care funciona?

Como você pôde perceber, existe uma enorme variedade nos serviços que podem ser prestados no home care.

Mesmo que os pacientes precisem dos dois tipos de serviço, um erro muito comum é confundir essa modalidade de atendimento com o trabalho realizado pelos cuidadores.

Falando especificamente do home care, a atividade demanda conhecimentos técnicos na manutenção da saúde para que procedimentos específicos possam ser realizados na casa do paciente, como a administração e aplicação de medicamentos, por exemplo. Também são feitas visitas de outros profissionais para acompanhar a evolução do tratamento e analisar a saúde da pessoa.

Os cuidadores são responsáveis por oferecer auxílio básico e apoio para realizar tarefas do dia a dia à pessoas que estão com a saúde debilitada ou que sofram com doenças que limitem sua autonomia e locomoção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.